top of page

Sobre nós

A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE AVC (APAVC) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), com o registo nº 4/2018, de utilidade pública, sem fins lucrativos, sediada em Leiria, com o NIF: 510 713 327, autorizada a prestar cuidados de saúde à população, composta por mais de 300 voluntários inscritos, a maioria deles, profissionais de saúde, que de forma graciosa, tem por objetivos primordiais, prevenir o acidente vascular cerebral (AVC) e apoiar as suas vítimas.

A APAVC é o guardião de todos aqueles que estão em risco de desenvolver AVC e um defensor intransigente de todos aqueles que já sofreram desta potencialmente devastadora doença.

Encontra-se reconhecida pelo Ministério da Saúde, Direção Geral da Saúde e integra o Grupo de Trabalho dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

Foi ainda legitimada pela República Portuguesa como sendo uma Associação de Defesa de Utentes de Saúde.

Sede

Leiria

História da APAVC

Desde 1998 que um grupo de profissionais de saúde trabalha voluntariamente em várias zonas do país, realizando de forma regular rastreios e acompanhamentos clínicos gratuitos. Em 2013, o mesmo grupo de profissionais de saúde, resolveu fundar a Associação Portuguesa de AVC (APAVC) com o objetivo de alargar a sua ação humanitária, refletida no nosso plano de ação, abaixo descrito. 

Visão

Diminuir a incidência, a invalidez e a morte por AVC. Promover a saúde dos cidadãos e aumentar o conhecimento  da população sobre o AVC. Apoiar a vida depois do AVC, tentando abranger as necessidades clínicas, psicológicas, sociais e materiais, a longo prazo, dos sobreviventes. 

Missão

Prevenir o AVC respeitando o plano de ação abaixo mencionado. Promover atividades regulares de rastreios dos fatores e doenças que conduzam ao aparecimento do AVC e propiciar a Educação para a Saúde, na população, escolas, universidades seniores, instituições públicas ou empresas, versando em particular os principais fatores de risco do AVC.

Ensinar a população a reconhecer e agir perante a suspeita de AVC, designadamente, através do SAFE, um instrumento que permite aos cidadãos recordarem facilmente os sinais de AVC e a necessidade de contactar o 112, o único modo de ativar a via verde do AVC, crucial na agilização dos cuidados médicos e na potencialização dos resultados do tratamento.

 

Zelar para que os doentes com AVC tenham os melhores cuidados médicos.

Proteger e apoiar social e clinicamente, os doentes com a autonomia, gravemente afetada pelo AVC.

Valores / Solidariedade

Como um ato de ajuda ao próximo.

Integridade

Na dedicação à missão, respeito pelos voluntários e utentes, responsabilidade na ação e imparcialidade no tratamento.

Compromisso

Convictos da exiguidade de conhecimento da população, quanto à doença que mais incapacita e mata em Portugal, o AVC e inconformados com a insuficiência de informação da maioria dos portugueses, na área da saúde, a APAVC compromete-se a colmatar essas lacunas, respeitando o espírito da nossa missão.

Comprometemo-nos ainda em melhorar o sistema de resposta para o AVC, desde o pré-hospitalar, até ao hospitalar e ao pós-hospitalar, que porfia em permanecer fragilizado.

A APAVC está ainda empenhada em proteger clinica e socialmente  o doente com AVC, desde a fase aguda da doença, até ao período de convalescença e mais além, já na etapa da cronicidade.

Plano de ação

O plano de ação da Associação Portuguesa de AVC (APAVC), baseada na evidência científica, passa essencialmente por quatro áreas de atuação diferentes, cabendo às diferentes delegações locais responsabilizar-se pela sua prossecução.

| – PREVENÇÃO PRIMÁRIA DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL – desenvolvida, principalmente, na Clínica Preventiva

|| – PREVENÇÃO SECUNDÁRIA DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL – quer dizer, prevenção da recorrência do AVC, implementada sobretudo, na Clínica Preventiva e durante as ações de Educação para a Saúde.

 

||| – EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE – destacamos essencialmente os seguintes conteúdos:

a) Como prevenir, reconhecer e agir perante a suspeita de um AVC –> População
b) Como prevenir, reconhecer e agir perante a suspeita de um AVC –> Escolas
c) Como reconhecer, capacitar e agir perante a suspeita de um AVC –> Médicos, Enfermeiros, Bombeiros
d) Como prevenir, reconhecer e agir perante a suspeita de um AVC –> Juntas de Freguesia
e) Como prevenir, reconhecer e agir perante a suspeita de um AVC –> Rádio
f) Como prevenir o AVC
g) Dieta do Mediterrâneo
h) Que sabes sobre a Dieta do Mediterrâneo
i) A obesidade dana a tua sanidade
j) O Alcoolismo pode conduzir-te ao abismo –> Escolas e População
l) Porque não devemos fumar
m) Como te manteres saudável –> 1º, 2º, 3º Ciclos; Secundário e População
n) Como usar o SAFE. Da teoria à prática
o) Ser sedentário leva-te ao calvário
p) Via verde do AVC
q) Outros conteúdos

 

|V – INVESTIGAÇÃO

a) CLÍNICA, em parceria com Escolas Superiores de Saúde
b) SOCIAL,  em parceria com Escolas Superiores de Saúde

Orgãos sociais

Organograma - 2021-2024.jpg

Delegações

Leiria: MARIANA BÁRBARA

Pombal: ANA PONCIANO

Batalha: MARTA SANTANA

Ourém: CARLA RIBEIRO

Vagos: LEONARDO MOÇO

Porto: RÚBEN FERNANDES

Amadora e Odivelas: CLÁUDIA ROCHA

Lisboa: INÊS VIEIRA

Gondomar: ANA FILIPA MIRANDA

Figueira da Foz: MARIA AMÉLIA PEREIRA

Vila do Conde: LILIANA SOARES

Póvoa do Varzim: LILIANA SOARES

Fundão: STÉPHANIE BONITO

Castelo Branco: STÉPHANIE BONITO

bottom of page